Sobre a Previsão do Tempo

A previsão do tempo é um estudo que se baseia nos conceitos antigos da Meteorologia que foi criada com dedicação pelo filósofo grego Aristóteles muito antes de Cristo. Esses estudos metereológicos nada mais são do que as observações de fenômenos atmosféricos terrestres, com enfoques físicos.

Temperatura, pressões, coberturas de nuvens ou nebulosidade, ventos e precipitações são os principais fatores físicos a serem analisados e prognosticados para a formulação correta do clima e tempo da cidade específica que serão colocados na previsão do tempo.

É com a ajuda tecnológica de computadores, radares, balões metereológicos, imagens de satélites e probabilidades calculadas com exatidão por matemáticos e físicos especializados no assunto, que faz com que cada vez mais a previsão do tempo se aprimora e seja fidedigna.

Com base nos estudos rigorosos, hoje a previsão do tempo adverte sobre precipitações indevidas para viagens e afins, climas favoráveis para as safras dos agricultores e até para notificar possíveis desastres naturais em até 120 horas.

Recurso no qual o acesso é livre, que informa antecipadamente as pessoas sobre o clima momentâneo de determinados locais, a previsão do tempo está presente na mídia e no cotidiano, facilitando todos sem o menor esforço e alertando-os de levar consigo nas mãos, os seus próprios guarda-chuvas, se preciso.